sábado, 24 de dezembro de 2011

Bom dia Saudade minha, das minhas saudades

O pisca pisca ilumina a sala escura
Onde apenas o breu e a sombra são vistos
Sento-me no sofá
O sofá em que diversas vezes adormeci em seu colo
Algumas lágrimas rolam pela minha face
Como um filme diversas cenas passam
Reprises de coisas passadas, coisas importantes, coisas bem vividas.
Coisas de amor!

Fazia tempo que eu adormecia na mesma cama que você no natal,
Acordava com seus carinhos e mimos.
Escovavamos os dentes juntos e riamos de bobeiras rotineiras, coisas como duendes!
Como sempre, você se atrasava, era tempo demais se arrumando...
Acordavamos tarde, sempre eramos os ultimos a levantar
E não contentes os primeiros a se deitar depois do almoço.
Gostavamos de coisas gordinhas...
Comer, Dormir, Sair, Beber.
Fazia bem nosso estilo

Pena que nos juntamos cedo demais,
as vezes penso em como seria ser casal agora.
Rio sozinha imaginando as diversas bobeiras que fariamos
Faz bem sonhar. Sonhar com os pés no chão.

Querido papai noel...obrigada!

Nenhum comentário:

Postar um comentário