domingo, 29 de agosto de 2010

Portinha

Vem aqui amor, posso te contar um segredo bem miudinho?
Desses que passa pela portinha do coração bem tranquilinho, mais carrega uma carga de motivação.
Segredo miudinho, do tamanho de uma bolinha de gude, contendo as cores do arco íris.
Segredo esse que se conta só para os grandes, apesar de ser bem pequenininho.

domingo, 8 de agosto de 2010

Bailarina

A bailarina com sua espetacular leveza fazia a platéia à admirar

Eles, pagantes com olhinhos de bolinha de gude esticavam o riso que ecoava pelo teatro

A bailaria era uma mocinha, uma mocinha bem meiga

Mocinha cativante, dessas ai que comovem um milhão de pessoas em segundos

Ela dava piruetas pelo salão...

Ah bailaria, se eu tivesse a sua leveza.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

O comediante ria, enquanto a platéia o observava freneticamente assustada.
Não sabiam o por que de tanta risada.
Patetas do mundo, da esquina, do turno. Patetas de uma vida inteira.
Latino americano sem estrada, sem fim.
Hoje não é dia - disse aurora baixinho.
Quando é dia então - endaga um moço

Não sei...



Hoje não é dia.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

sem qualquer valor.

E onde há pergaminhos, há minhas simplórias palavras sem qualquer valor.

domingo, 1 de agosto de 2010

estrela da manhã

'Se eu pudesse, eu faria bolinhas de sabão e as deixaria voar. Mas ultimamente ando estranha com essa tal de liberdade.'