sábado, 10 de abril de 2010

Poema de uma vida vestibulosa

Vida, o que eu faço aqui?!
Vida perdida no meio de 350 vidas
Vida minha, vida sua, vida nossa

Todos levando a mesma vida
Miserável? Confusa? Constante? Tediosa?
Independente de como seja, é vida

E o importante da vida é apenas ser vida destacada.
Afinal, o que é vida coesa?!
Que vida, sábia vida, sabe ser apenas 'vida'?

Para ser vida necessita ser intensa, frenética, alucinante
Precisa não apenas, ser vida
Precisa ser amor, vida, alma
Vida. v-i-d-a sua, minha, nossa

Vida

inexorável...

Um comentário: