terça-feira, 10 de novembro de 2009

. Em algum lugar

Não saberia como começar,
Então começo pelo fim,
Nada saiu como o previsto,
O imprevisto se sobresaiu,
Eu, em ato implícito
Apenas sorri.
Então, eu sai
E em ato de ser, fui seer
Cheguei ao fim, e agora estou aqui,
Matando de tédio, quem permanece aqui.

Um comentário:

  1. engano o seu. morre de tédio aquele que nao está aqui, ao seu lado a diversão e surpresa ganham vida e sentido.

    ResponderExcluir