sábado, 3 de outubro de 2009

Número Racional

Que minha insanidade seja louvada, o dia em que todos virem racionais!
Sentada aqui em um lugar um tanto quanto distante, observo o comportamento humano. Observo a vida pacata e sem ação de alguns; Seria eu e mais alguns a malária causadora da desordem? Nós, com nosso pensamento interminável e a nossa sede pelo correto os equivocados? os que não prestam?os incertos?
-Oh criatura sombria, o que fazes aqui do meu lado?
- Vim lhe saciar a sede da revolução com apenas algumas notas. Trago comigo a cor, a imagem e a quantidade da solução! (peixe, azul...e milhares), tudo pelo seu silêncio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário